Aguarde!
 Carregando o Conteúdo
          desta Página...
Home TopGyn
Envie por E-mail Fale Conosco

Outras Informaçõs sobre o Paraná




Programa Leite das Crianças distribuiu 221 milhões de litros

Governo do Paraná


O programa Leite das Crianças do Governo do Paraná completa cinco anos nesta quarta-feira (14). Criado pelo governador Roberto Requião em 2003 com o objetivo de diminuir a desnutrição infantil, o programa do leite envolve as Secretarias de Estado do Trabalho, Emprego e Promoção Social; Agricultura e Abastecimento; Educação; Saúde e Planejamento. De lá pra cá, mais de 722 mil crianças tiveram acesso a uma alimentação mais saudável graças aos 221 milhões de litros de leite distribuídos.

Os investimentos estaduais somaram mais de R$ 201 milhões entre 2003 e 2007 e hoje o programa funciona em 399 municípios. Só no último mês de abril foram atendidos 168 mil pequenos paranaenses.

Para o secretário do Trabalho, Emprego e Promoção Social, Nelson Garcia, o Leite das Crianças é um sucesso e vem reduzindo significativamente a mortalidade e as doenças infantis no Estado.

“É através de uma boa alimentação que estas crianças terão energia para estudar e se tornarão adultos trabalhadores no futuro”, afirma Garcia. O leite distribuído é pasteurizado e enriquecido com vitaminas A e D e com ferro.

São atendidas todas as crianças de seis a três anos de idade, que vivam em famílias com renda de até meio salário mínimo.

A coordenadora do programa na Secretaria do Trabalho, Emprego e Promoção Social, Sabrina Parrino, lembra que além de ajudar na alimentação de crianças carentes, o Leite das Crianças estimula o desenvolvimento da cadeia de produção leiteira de todo o Paraná, principalmente nas pequenas e médias propriedades, gerando renda, empregos e fortalecendo a agroindústria. Mais de 10 mil produtores paranaenses fornecem o leite aos 61 laticínios parceiros.

O secretário Nelson Garcia atribui os bons resultados apresentados pelo programa ao trabalho em conjunto feito pelo Governo do Estado, prefeituras municipais e sociedade.

“Cada cidade tem o seu Comitê Gestor Municipal, o chamado CGM, composto em 2/3 por entidades da sociedade civil organizada e 1/3 por representantes do Poder Público Estadual e Municipal. O papel destes comitês é auxiliar no trabalho de gerenciamento e fiscalização do programa nos municípios”, explica.

Para participar do programa, as famílias devem se cadastrar em um dos 411comitês existentes no Estado. Uma vez cadastradas, as famílias buscam nas escolas estaduais um litro de leite por dia para cada filho de 6 a 36 meses de idade.

Além de distribuir o leite, as escolas e o CGM diagnosticam outros problemas que as famílias venham a ter, como analfabetismo, descontrole sanitário, falta de higiene pessoal e doméstica e outros, proporcionando os devidos atendimentos.

NÚMEROS DESTES CINCO ANOS DE PROGRAMA

Presente em 399 municípios
· 721.976 crianças receberam leite do Governo do Estado entre os anos de 2003 até abril de 2008
· Investimentos de R$ 201.487.423,54
· 221.610.592 litros de leite adquiridos
· 10.456 produtores de leite fornecedores
· 61 laticínios fornecedores
· 3.018.013 análises do leite adquirido (até março de 2008)
· 2.030 refrigeradores doados às escolas estaduais distribuidoras
· 5.202 caixas térmicas entregues para redistribuição no interior dos municípios


14/05/2008