Aguarde!
 Carregando o Conteúdo
          desta Página...
Home TopGyn
Envie por E-mail Fale Conosco

Há pessoas que transpiram mais do que o normal. Mas existem maneiras de se livrar desse incômodo, que pode ter origem em uma disfunção das glândulas sudoríparas.



Como Controlar o Excesso de Transpiração - Segundo a PSICOLOGIA: Quem sua muito geralmente é ansioso. Isso acontece quando o estado de tensão é constante. Algumas pessoas ficam muito estressadas com novas experiências e o estresse faz aumentar a produção de adrenalina, hormônio responsável por uma série de alterações fisiológicas, que preparam o corpo para agir. Uma das consequências é o aparecimento de palpitação, boca seca e sudorese. A abordagem psicológica recomenda algumas seções de terapia para mudar o padrão negativo de pensamento, que faz a pessoa temer o fracasso antes mesmo de tentar tomar qualquer atitude. Com isso, a transpiração excessiva costuma melhorar.

Segundo a DERMATOLOGIA: O suor estabiliza a temperatura corporal. Por motivos desconhecidos, há casos em que as glândulas sudoríparas trabalham demais. Isso acontece nas mãos, nos pés e nas axilas, pontos onde essas glândulas se concentram. Além da tradicional, mas pouco usada simpatectomia, cirurgia para interromper as ligações nervosas que estimulam as glândulas sudoríparas, existem outras técnicas para tratar esse problema, conhecido como hiper-hidrose.
- Iontoforese: consiste na aplicação de um tipo de corrente elétrica nas áreas afetadas. As sessões são quinzenais. O tratamento é de controle e pode ser repetido sempre que for necessário.
- Botox: injeções de toxina botulínica. Essa substância, utilizada em tratamento anti-rugas, paralisa temporariamente os músculos do local, bloqueando os impulsos nervosos que ativam as glândulas sudoríparas. As aplicações são semestrais e podem ser feitas nas mãos, nos pés e nas axilas.
- Glândula-aspiração: uma espécie de lipoaspiração que remove parte das glândulas sudoríparas. A cirurgia é feita com anestesia local, só nas axilas e tem resultado definitivo.

Segundo a MEDICINA CHINESA: Para alguns especialistas, o excesso de transpiração pode ser causado por um cardápio rico em pimenta, alho, cebola, café e chocolate. Eles são considerados alimentos quentes, já que aceleram o metabolismo, aumentando a temperatura corporal. Outra explicação possível para o problema: a transpiração exagerada pode estar relacionada com a predominância de energia yang, característica de pessoas ativas, impulsivas e agitadas, e responsável por sentimentos de raiva, frustração e medo, que elevam a temperatura do corpo. A solução para os dois casos é incluir no menu alimentos levemente adocicados ou amargos, que são do tipo ying. Além de ajudar a equilibrar a energia yang, eles refrescam, diminuindo a transpiração. Batata, batata-doce, beterraba, chuchu, mandioca e melão fazem parte do primeiro grupo. Rúcula, agrião, chicória, jiló e endívia pertencem ao conjunto dos amargos.