Aguarde!
 Carregando o Conteúdo
          desta Página...
Home TopGyn
Envie por E-mail Fale Conosco

Métodos anticoncepcionais 01 - Como ainda não inventaram um método universal para evitar a gravidez, um que seja indicado para todas as mulheres, é necessário que você analise todos os que estão disponíveis e descubra qual se encaixa em seu caso. Você tem que levar em conta uma série de fatores, desde seu ciclo menstrual até mesmo o estilo de vida. É importante, também, não deixar que nenhuma inverdade a confunda. Por isso, veja as respostas para as dúvidas mais freqüentes quando o assunto é garantir o prazer e prevenir a gravidez.

1 - Posso engravidar se transar durante a menstruação? A chance de engravidar nessa fase é longínqua. Tudo porque na menstruação o revestimento interno do útero descama e, nesse momento do ciclo, não há mais nenhum óvulo para ser fecundado pelo espermatozóide.

2 - Se o parceiro tirar o pênis da vagina segundos antes de gozar, corro o risco e engravidar? Sim. Durante a penetração, mesmo antes de ejacular, o homem solta algumas gotas de esperma. Apesar de conterem baixa concentração de espermatozóides, elas podem ser suficientes para engravidar uma mulher. Por isso, sempre use camisinha para evitar eventuais problemas.

3 - Qual a fase mais segura para transar e não engravidar? Para saber isso a mulher deve ficar de olho no período fértil (nos dias em que ela ovula há maior chance de engravidar). A mulher ovula sempre 14 dias antes da próxima menstruação. Para garantir, o casal precisa evitar relação sexual cinco dias antes e cinco dias depois da ovulação. Por exemplo, em uma mulher com ciclo regular de 28 dias, a ovulação deve ocorrer no 14º dia e o período fértil irá do 9º até o 19º dia. Fora desse período as chances de engravidar são mínimas. Mas lembre-se: a mulher precisa ter o ciclo menstrual regulado.

4 - Todas as mulheres podem usar tabelinha? Não, apenas as que têm um ciclo menstrual regular, que varia de 25 a 35 dias de diferença entre um e outro. Como a tabelinha se baseia na data da próxima menstruação, é arriscado adotar o método, mesmo para as mulheres "reguladas".

5 - A camisinha masculina pode ser usada mais de uma vez? De jeito nenhum. A camisinha é de uso descartável. Se lavar ou reaproveitar, ela se rasga facilmente.

6 - A camisinha feminina é tão boa quanto a masculina? Incomoda usá-la durante a transa? A camisinha feminina não apresenta contra-indicações e seu índice de falha é inferior a 1%. O único problema pode ser o aspecto que ela apresenta após ser introduzida na vagina. Fica com um anel externo para fora que pode desestimular visualmente as fantasias do parceiro. Se a mulher usar a camisinha feminina, o homem não precisa por a masculina, pois o atrito entre as duas pode provocar eventuais rompimentos. Porém, a camisinha feminina não apresenta nenhum incômodo para a mulher nem para o homem durante a relação sexual.

7 - Quando é necessário pôr a camisinha feminina? Devo usá-la logo nas preliminares? A mulher pode por a camisinha até uma hora antes da relação. Porém, não é recomendado colocar muito antes, pois movimentar-se com ela incomoda um pouco. Nas preliminares também não é bom, pois a colocação também não é tão simples. O ideal é colocar minutos antes da relação. Depois de terminar por completo o ato sexual, não importa quantas penetrações houver, a mulher deve tirar a camisinha e jogá-la no lixo.

8 - Se eu esquecer de tomar a pílula anticoncepcional por um dia, posso engravidar? O índice de falha da pílula não é muito alterado se a mulher se esquece de tomá-la por um dia durante o mês. Nesse caso, ela deve tomá-la assim que se lembrar, desde que isso aconteça menos de 12 horas após o horário correto. Depois das 12 horas, ela deve descartar a pílula esquecida e esperar até a hora habitual para tomar o comprimido correto. Caso a mulher se esqueça de tomar a pílula por 2 dias ou mais, consecutivos ou não, o melhor a fazer é utilizar outros métodos (camisinha, por exemplo) para garantir.

9 - Qual a diferença entre a pílula vaginal e a via oral? As duas têm a mesma composição química. A diferença está no modo de usar. Enquanto a pílula via oral deve ser ingerida diariamente pela boca, a vaginal deve ser introduzida diariamente na vagina, durante o mês, respeitando o período de 7 dias de descanso. E atenção: antes de colocar a pílula na vagina, a mulher deve lavar muito bem as mãos. A pílula vaginal é recomendada para quem tem problemas de estômago com a utilização das pílulas orais.

10 - A pílula do dia seguinte funciona? Sim, a pílula do dia seguinte, aquela que você toma depois do ato sexual para não engravidar, é segura e sua eficácia é bem maior se tomada o quanto antes. Por isso, a mulher deve ingerir a pílula até 72 horas depois da transa. Ela é feita com uma dosagem excessiva de hormônios que dificulta a nidação (fixação do óvulo no útero). Entretanto, seu uso freqüente não é aconselhável e só deve ser tomada em casos de emergência.